Eleição na Câmara traz a pacificação que o país precisa, diz Temer

Do UOL, em São Paulo e em Brasília

O presidente interino, Michel Temer (PMDB), afirmou nesta quinta-feira (14) que a eleição para a presidência da Câmara dos Deputados, com a vitória de Rodrigo Maia (DEM-RJ), ajudou a pacificar a Casa e dará harmonia aos poderes Executivo e Legislativo.

"Fiquei felicíssimo com a conduta cívica da Câmara dos Deputados. O Brasil está se distensionando", disse Temer. O peemedebista afirmou que a distensão (diminuição da tensão) é indispensável ao país e que a harmonia com a Câmara "será útil para o Executivo". "O governo precisa do apoio do Legislativo."

Maia ganhou a disputa pela presidência na madrugada desta quinta. No segundo turno da eleição interna, ele venceu o deputado Rogério Rosso (PSD-DF). Temer destacou como símbolo da pacificação o abraço entre os concorrentes antes da votação final, além dos discursos dos candidatos.

Por volta das 12h30, Temer encontrou-se com Maia no Planalto. Participaram também da reunião o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o secretário de Governo da Presidência da República, Geddel Vieira Lima, a líder do governo no Congresso, Rose de Freitas (PMDB-ES), e o deputado Sandro Mabel (PMDB-GO). Nem Temer nem Maia falaram com a imprensa após a audiência.

Minha Casa, Minha Vida

Temer comentou a eleição na Câmara durante o anúncio de uma nova regra do programa Minha Casa, Minha Vida. Ele e o ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciaram que famílias com crianças portadoras de microcefalia terão prioridade de acesso a moradias do programa.

O presidente interino afirmou que seu governo é "atento às questões sociais". Depois de falar sobre a nova norma, ele deixou o local do anúncio, no Palácio do Planalto, mas voltou em seguida para comentar sobre a eleição na Câmara. 

A nova regra do Minha Casa, Minha Vida vale para a faixa 1, destinada a famílias com renda mensal de até R$ 1.800. Elas já serão priorizadas na entrega de duzentas mil unidades, que segundo o ministro, estão prontas. Araújo disse que a medida é uma orientação de Temer e assinou a portaria que define a nova regra. 

Josias: vitória de Rodrigo Maia é meio termo para governo Temer

  •  

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos