Hackers atacam site do PT em SP e mandam mensagem a Lula

Janaina Garcia

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Página do diretório municipal do PT em São Paulo é atacado por hackers

    Página do diretório municipal do PT em São Paulo é atacado por hackers

A página do diretório municipal do PT (Partido dos Trabalhadores) em São Paulo foi alvo de um ataque hacker nesta terça-feira (14). A ação aconteceu no mesmo dia em que um dos principais fundadores da sigla, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, prestou depoimento na 10ª Vara Federal, em Brasília, por conta da operação Lava Jato. No depoimento, Lula disse sofrer um massacre em razão de acusações falsas no âmbito da operação.

Segundo a assessoria do diretório, a ação foi percebida hoje, e a autoria ainda não foi descoberta. Na mensagem, com trilha sonora de funk, os hackers usaram uma foto alusiva ao desenho animado "Irmãos Metralha", mas com camisetas vermelhas --cor do partido --, no lugar da vestimenta de presidiário. Texto manda um recado irônico a Lula.

Na página do grupo no Facebook, que tem 873 seguidores, eles listam outras páginas de governos e políticos atacados de forma semelhante, nas últimas semanas, ao que foi feito com o diretório municipal do PT.

Por meio de nota, o presidente municipal do PT, Paulo Fiorilo, afirmou que o diretório registrará um boletim de ocorrência "e tomará as medidas judiciais cabíveis para apurar o motivo do site do PT da capital paulista ter sido hackeado".  "É possível que exista alguma relação, não só com o depoimento do ex-presidente Lula, hoje, em Brasília, como também com todas as atitudes de ódio e intolerância contra o PT", afirmou Fiorilo.

Ataques acontecem desde 2015

No ano passado, o partido havia sido alvo de outro tipo de ataque, mas contra a sede física do diretório nacional, no centro de São Paulo. Na ocasião, um homem tentou abrir o local com um pé de cabra, e, horas depois, no mesmo dia, quebrou vidros do local.

Em março de 2016, a sede do partido em Goiânia também foi alvo de vandalismo quando a porta do local foi incendiada por dois homens. No mesmo mês, o diretório regional de Belo Horizonte (MG) foi atingido por tinta, farinha, ovo e lixo, um dia depois da operação da Polícia Federal na 24ª fase da Operação Lava Jato, e a sede do partido em Jundiaí (SP) foi atacada com um coquetel molotov.

Em 2015, os ataques ocorreram em dezembro, contra a sede do PT em Fortaleza --alvo de pichações –, e em agosto de 2015, contra a sede nacional em São Paulo --invadida durante a noite. No mesmo mês, o Instituto Lula, também na capital paulista, sofreu um atentado a bomba.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos