Sede do PT é depredada em São Paulo

Do UOL, em São Paulo

  • Alexandre Padilha/Twitter

    A sede do Diretório Nacional do PT, em SP, foi depredada na madrugada

    A sede do Diretório Nacional do PT, em SP, foi depredada na madrugada

A sede do Diretório Nacional do PT, localizada na região central de São Paulo, foi depredada na madrugada desta quinta-feira (30). Uma porta de vidro ficou completamente destruída.

Segundo a assessoria de imprensa do PT, por volta de 1h, um segurança ouviu um barulho e viu um homem quebrando a porta com uma picareta. Ainda segundo o partido, um carro da Polícia Militar apareceu logo em seguida e levou o suspeito para registrar um boletim de ocorrência. O homem identificado pela PM como Emilson Chaves Silva, 38, foi levado para o 8º DP, do Brás, na região central e foi liberado em seguida.

Um perfil no Facebook em nome de Emilson Chaves Silva traz uma postagem, na manhã de hoje, republicada diversas vezes que diz: "Foi eu quem ataquei o diretório nacional do partido dos trabalhadores e vou atacar de novo...".   Horas depois a postagem foi apagada. O UOL tentou contato telefônico e pela rede social com Silva, mas não obteve resposta.

Reprodução

Uma foto da depredação foi postada nesta manhã pelo secretário municipal de Saúde e ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha. No post, Padilha chamou o ato de "Escuridão sobre a tolerância e democracia".

O PT ainda não emitiu uma nota oficial sobre o ocorrido. Um advogado do partido acompanha o caso. O presidente nacional da sigla, Rui Falcão, estava em Brasília e seguiu para São Paulo nesta manhã após saber do ataque à sede.

O Diretório Nacional do PT foi alvo de buscas pela Polícia Federal na Operação Custo Brasil, na semana passada, que culminou com a prisão do ex-ministro Paulo Bernardo, solto seis dias depois.

Outros casos

Em março deste ano, a sede do partido em Goiânia também foi alvo de vandalismo. A porta do local foi incendiada por dois homens. No mesmo mês, o diretório regional de Belo Horizonte (MG) foi atingido por tinta, farinha, ovo e lixo, um dia depois da operação da Polícia Federal na 24ª fase da Operação Lava Jato e a sede do partido em Jundiaí (SP) foi atacada com um coquetel molotov.

Em dezembro do ano passado, a sede do PT em Fortaleza (CE) foi alvo de pichações. A fachada vermelha do prédio foi manchada de tinta nas cores verde e amarelo, e pichações como "a casa caiu" e "171", número referente a estelionato no Código Penal Brasileiro.

Em agosto de 2015, o presidente do diretório nacional do PT em São Paulo informou que a sede teria sido invadida durante a noite. No mesmo mês, o Instituto Lula, também na capital paulista, sofreu um atentado à bomba. (Com Estadão Conteúdo)

Receba notícias de Política pelo Whatsapp

Quer receber notícias no seu celular sem pagar nada? 1) adicione este número à agenda do seu telefone: +55 (11) 97258-8073 (não esqueça do "+55"); 2) envie uma mensagem para este número por WhatsApp, escrevendo só: brasil3000.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos