Derrotem o Lula nas urnas, diz Haddad sobre condenação de Lula

Luís Adorno

Do UOL, em São Paulo

  • Facebook PT - Diretório Municipal de São Paulo/Reprodução

    24.jul.2016 - O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), comemorava, ao lado de Lula, a convenção do partido que oficializou sua candidatura à reeleição da prefeitura de São Paulo em 2016

    24.jul.2016 - O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), comemorava, ao lado de Lula, a convenção do partido que oficializou sua candidatura à reeleição da prefeitura de São Paulo em 2016

O ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação, Fernando Haddad (PT) criticou, em uma entrevista coletiva na sede do PT, nesta quinta-feira (13), a oposição partidária e o juiz federal Sérgio Moro, que condenou nesta quarta-feira o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção e lavagem de dinheiro. "Deveriam fazer uma reflexão de como enfrentar o Lula. A forma correta é na eleição. Não forçar a barra, não forçar a mão para tirar ele da disputa. Não é justo isso", disse.

Haddad questionou a forma com que Moro condenou Lula, em primeira instância, pela Operação Lava Jato. "É verdade que ninguém está acima da lei, nem abaixo da lei. No caso do Lula, derrotem o Lula nas urnas. O país precisa ser passado a limpo, é verdade, em várias questões. As reformas têm de ser discutidas com os trabalhadores. Agora, condenar uma pessoa por delação?!", questionou.

O ex-prefeito garantiu que, se ele estivesse na oposição, agiria de forma diferente. "Eu estaria falando a mesma coisa aqui se alguém do PSDB tivesse nessa posição. Eu falaria: 'não me parece razoável, me parece que estão forçando a mão e não é assim que deve ser. Justiça não tem nada a ver com partido'. Botando a mão na consciência e refletindo. Me parece muito frágil", afirmou.

Mais cedo, Haddad afirmou pelo Twitter: "Falei com o presidente Lula ao telefone para prestar solidariedade e ele me respondeu com a confiança de sempre que lutará pela honra até o fim".

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos