Atos contra a prisão de Lula interditam vias em ao menos 7 estados

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Twitter/MST

    Manifestantes colocam fogo em pneus durante protesto contra prisão do ex-presidente Lula em Belo Horizonte

    Manifestantes colocam fogo em pneus durante protesto contra prisão do ex-presidente Lula em Belo Horizonte

Movimentos sociais fazem atos contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em ao menos sete estados (Minas Gerais, Pernambuco, Bahia, Alagoas, Sergipe, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) na manhã desta quarta-feira (11).

Na Grande BH, militantes da Frente Brasil Popular bloquearam as principais vias de acesso à capital mineira e avenidas importantes em Belo Horizonte. As manifestações integram o Dia Nacional de Lula por Lula Livre.

Às 7h30, manifestantes fecharam a avenida Antônio Carlos, próximo a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), e colocaram fogo em objetos no local, causando engarrafamento no sentido centro. A avenida foi liberada perto das 8h, mas o trânsito ainda continuava lento.

Também por volta das 7h30, outra manifestação bloqueava com pneus queimados a avenida Nossa Senhora do Carmo, em Sion, centro-sul de BH, na altura do trevo do Belvedere, também bloqueando o sentido centro. Bombeiros foram chamados para apagar a chamas.

Protestos também foram registrados no início da manhã em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. A avenida Cardeal Eugênio Pacelli, no sentido a Belo Horizonte, foi interditada por volta das 8h, sendo liberada uma hora depois. Um trecho da rodovia Fernão Dias, na altura do km 478, Belo Horizonte a São Paulo, também foi palco de protestos.

Às 17h está marcado um ato na praça Afonso Arinos, no centro de Belo Horizonte, a favor do ex-presidente Lula.

Nordeste

Em Pernambuco, manifestantes também bloquearam rodovias e estradas importantes na região metropolitana do Recife e no agreste do Estado.

Os movimentos bloquearam a PE-60, no trecho da antiga BR-101, no Cabo de Santo Agostinho, nos dois sentidos, assim como a Estrada de Curcurana, em Barra de Jangada, em Jaboatão. Também foi interditado pelos manifestantes trecho da BR-232, na altura do km 144, em Caruaru.

Em Alagoas, manifestantes fecharam três rodovias: BR-316, em Atalia; BR-104, em União dos Palmares; e BR-101, em Joaquim Gomes. Dessas, às 13h, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou que apenas a BR-101 continuava fechada.

Na Bahia, o protesto ocorreu na BR-349, no município de Correntina. A pista foi fechada no início da manhã, mas já foi liberada.

Objetos também foram queimados em rodovia em Poço Redondo (Sergipe). 

Rio Grande do Sul e Santa Catarina

Integrantes da Fetraf (Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar) do Rio Grande do Sul fecharam na BR-153, em Marcelino Ramos, na divisa entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos