Procuradoria pede 80 desmembramentos após JBS complementar delação

Felipe Amorim

Do UOL, em Brasília

  • Ed Ferreira/Folhapress

A PGR (Procuradoria-Geral da República) pediu 80 desmembramentos nas investigações abertas com a delação da JBS após analisar as informações adicionais apresentadas pelo delatores em complementação ao acordo de colaboração.

O pedido foi enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal) na terça-feira (8) e será analisado pelo ministro Edson Fachin, relator do processo da delação da JBS.

Cada desmembramento diz respeito a um conjunto de provas e fatos sob investigação e poderá tanto ser anexado a uma investigação já em andamento quanto dar origem a um novo inquérito.

Os anexos complementares à delação da JBS foram entregues pelos delatores em agosto do ano passado. A PGR afirma que não fez os pedidos de desmembramento antes pois aguardava uma decisão do STF sobre o pedido de recisão do acordo de colaboração dos delatores Joesley Batista e Ricardo Saud.

A Procuradoria quer que eles percam os benefícios da delação por supostamente terem omitido crimes praticados ao fechar o acordo.

Mais cedo, Jungmann se reuniu com representantes de ministérios da área social para intensificar ações e programas à população jovem em situação de maior vulnerabilidade socioeconômica. A política será feita com base em projetos já existentes e, portanto, não demandará mais recursos não previstos no orçamento, segundo a pasta da Segurança Pública.

Raul Jungmann explicou que os ministérios passarão a focar atividades em 109 municípios responsáveis por metade das mortes violentas no país. As ações deverão ser apresentadas dentro de 15 dias, disse.

De acordo com o Ministério da Segurança Pública, os objetivos são melhorar a inserção escolar de jovens de 15 a 24 anos, o saneamento básico nos bairros mais violentos, a reinserção social de jovens apreendidos, atividades culturais e esportivas, o número jovens inscritos em programas de treinamento profissional, além de diminuir a gravidez na adolescência e a vulnerabilidade à pobreza infanto-juvenil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos