Topo

Não há racha quando são todos contra Joice Hasselmann, diz Major Olimpio

SUAMY BEYDOUN/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
O deputado federal e senador eleito Major Olimpio Imagem: SUAMY BEYDOUN/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

Eduardo Lucizano

Colaboração para o UOL, em Pirassununga (SP)

07/12/2018 11h05

Um dia após o vazamento de conversas de um grupo de WhatsApp que reúne congressistas eleitos do PSL, o deputado federal e senador eleito Major Olímpio (PSL-SP) disse, nesta sexta-feira (7), que não existe racha da futura bancada já que todos estão contra a deputada eleita Joice Hasselmann (PSL-SP).

Segundo reportagem da “Folha de S. Paulo, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), protagonizou um bate-boca acalorado no grupo de WhatsApp com Joice, que disputa a liderança do partido na Câmara e participa das articulações da formação do novo governo.

Perguntado se a divulgação das mensagens teria causado um racha no partido, Major Olímpio disse que "não há racha quando são todos contra um".

Questionado, então, se esse “um” seria a Joice, o futuro senador respondeu que sim.

“Todos estão unidos. Hoje, o PSL tem um líder [na Câmara], que é Eduardo Bolsonaro, eleito pelos oito [atuais] deputados, vamos ver o que o partido vai fazer”, disse o futuro senador.

Nas eleições de outubro, o PSL elevou sua bancada na Câmara para 52 deputados, ficando atrás apenas da do PT, com 56.

Segundo o major, a conversa foi vazada pela própria deputada eleita.  “Eu não tenho dúvida, alguém tem?”, disse.