Topo

Cirurgia de Bolsonaro corre bem, diz porta-voz; procedimento passa de 4h30

Pedro Ladeira/Folhapress
Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

Lucas Borges Teixeira

Do UOL, em São Paulo

08/09/2019 12h32

Já dura 4h30 a cirurgia do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para a correção de uma hérnia incisional. A previsão era de que a operação levaria de duas a três horas.

A operação começou por volta das 7h35 no Hospital Vila Nova Star, na capital paulista. Pouco depois das 10h, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, informou que o procedimento estava correndo bem.

Ainda não há previsão para o fim da operação. Segundo a equipe, deverá durar "o tempo da equipe médica". Ao final, o presidente deverá ter mais uma hora de repouso.

O objetivo da operação era corrigir uma hérnia decorrente de sucessivos procedimentos invasivos na região abdominal. Considerada de média complexidade, a cirurgia já era esperada pela equipe médica.

O procedimento é comandado por Antônio Luiz Macedo, cirurgião responsável pelas duas operações anteriores do presidente, para instalação e remoção da bolsa de colostomia, que ele usou após a facada, no dia 6 de setembro do ano passado, durante um ato de campanha eleitoral em Juiz de Fora (MG). Desde o incidente o presidente já passou por quatro intervenções cirúrgicas.

Centro cirúrgico do hospital Vila Nova Star, onde Bolsonaro será operado - Divulgação
Centro cirúrgico do hospital Vila Nova Star, onde Bolsonaro será operado
Imagem: Divulgação

Bolsonaro foi internado por volta das 20h da noite de sábado (7). Ele estava acompanhado do filho Carlos Bolsonaro (PSC), vereador pelo Rio de Janeiro, e da primeira -dama Michelle, que dormiram na unidade.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, chegou pouco antes das 7 horas para acompanhar a operação.

O primogênito Flávio Bolsonaro (PSL), senador pelo Rio de Janeiro, está em São Paulo, mas ainda não apareceu no hospital.

De acordo com o Palácio do Planalto, o tempo de internação dependerá da recuperação do presidente. A expectativa é de que ele volte para Brasília ainda nesta semana sob ordem de repouso.

Bolsonaro chega a SP para passar pela 4ª cirurgia após facada no abdome

redetv

Política