Topo

Eduardo Bolsonaro defende Neymar e dispara contra Najila Trindade

Filho do presidente da República disse que, por ele, a pena de Najila seria a mesma "que ela desejava" para Neymar - REUTERS/Adriano Machado
Filho do presidente da República disse que, por ele, a pena de Najila seria a mesma "que ela desejava" para Neymar Imagem: REUTERS/Adriano Machado

do UOL, em São Paulo

11/09/2019 07h51

Horas depois de a modelo Najila Trindade ser indiciada pela Polícia Civil de São Paulo por fraude processual, denúncia caluniosa e extorsão contra Neymar, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) se manifestou, no Twitter, em relação à polêmica envolvendo um suposto estupro.

O filho do presidente da República respondeu a um tuíte do cineasta José Teófilo, que publicou: "Quedê (sic) aquelas que comentavam: 'prefiro acreditar numa mulher que num estuprador'?".

"O politicamente correto faz isso com a sociedade, reduz a justiça a critérios pré-selecionados que independem dos fatos", disse Eduardo, que aproveitou para defender Neymar e atacar Najila, responsável por denunciar o brasileiro.

"Neymar é vítima e por mim essa falsa acusadora receberia a mesma pena que ela desejava para o Neymar: prisão pelo crime de estupro", completou o político, que tenta ser o embaixador do país nos EUA.

A repercussão foi imediata no próprio Twitter. "Ainda bem que ninguém tá interessado no que você pensa sobre a pena para ela", disse um seguidor "E o machismo impera!!!! Contando as horas para seu castelinho desmoronar!!!", comentou outro. "Eduardo, você esta pseudo-defendendo os estupradores. Canalha!", opinou outro internauta.

O caso de estupro envolvendo Neymar foi arquivado em 8 de agosto pela juíza Ana Paula Gomes Galvão Vieira de Moraes, da Vara da Região Sul 2 de Violência Doméstica Familiar. Ela acatou um pedido do Ministério Público de São Paulo.

A decisão, no entanto, não significa que Neymar foi considerado inocente. Caso haja novas provas, o inquérito poderá ser reaberto a qualquer momento.

Mais Política