Topo

Jair Bolsonaro notifica PSL por mais transparência: "Vergonhosa nota zero"

Jair Bolsonaro notifica próprio partido - Agência Brasil
Jair Bolsonaro notifica próprio partido Imagem: Agência Brasil

Constança Rezende

Do UOL, em Brasília

11/10/2019 19h50

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) notificou o próprio partido por mais transparência, na noite de hoje. O ofício foi endereçado ao presidente nacional da sigla, Luciano Bivar, que tem protagonizado trocas de farpas com Bolsonaro.

O texto assinado por Bolsonaro e mais 19 deputados, feito pelos advogados Karina Kufa, Admar Gonzaga e Marcello Dias de Paula, também compara o PSL ao partido de extrema-esquerda PCO (Partido da Causa Operária), em termos de transparência.

O documento diz que as contas do PSL "encontram-se em situação grave". Para embasar, os parlamentares citam um ranking feito pela Organização Governamental Transparência Partidária, em 12 de março de 2018.

"O partido figura como último colocado da série, ostentando a vergonhosa nota ZERO, ao lado do PCO", escrevem.

Bolsonaro e os outros políticos afirmam também que a dotação orçamentária do fundo partidário prevista para este ano é de R$ 810 milhões , dos quais o PSL receberá aproximadamente R$ 110 milhões. Segundo o documento, o valor é mais de 20 vezes o montante arrecadado por Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018 (R$ 4,39 milhões).

"No mesmo exercício o PSL arrecadou R$ 9 milhões do fundo eleitoral e R$ 9 milhões do fundo partidário. O notório sucesso do PSL na campanha eleitoral de 2018, oportunidade em que elegeu 54 deputados federais é o fator que resultou no súbito incremento de mais de 10 vezes nos recursos públicos que perceberá neste ano", diz.

Bolsonaro pede a Bivar a apresentação "detalhada" de 9 pedidos de informações para promover uma auditoria independente.

Políticos que assinam o documento:

Jair Bolsonaro - presidente da República
Bibo Nunes - deputado federal
Alê Silva - deputada federal
Bia Kicis - deputada federal
Carla Zambelli - deputada federal
Carlos Jordy - deputado federal
Chris Tonietto - deputada federal
Daniel Silveira - deputado federal
Eduardo Bolsonaro - deputado federal
General Girão - deputado federal
Filipe Barros - deputado federal
Flávio Nantes Bolsonaro - senador
Cabo Junior do Amaral - deputado federal
José Guilherme Negrão Peixoto - deputado federal
Hélio Lopes - deputado federal
Guiga Peixoto - deputado federal
Luiz Alberto Ovando - deputado federal
Coronel Armando - deputado federal
Luiz Philippe de Orléans e Bragança - deputado federal
Márcio Labre - deputado federal
Ubiratan Sanderson - deputado federal
Major Vitor Hugo - deputado federal

Política