PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

Witzel vai usar PMs para evitar aglomeração de banhistas em praias do Rio

Igor Melo

Do UOL, no Rio de Janeiro

13/03/2020 19h20

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), anunciou hoje um pacote de medidas de restrição de aglomerações de pessoas para conter a proliferação do covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Segundo ele, a Polícia Militar pode ser usada para impedir que a população vá à praia. Witzel destacou que a PM faz o policiamento na orla mesmo sendo um espaço de jurisdição federal. "Não permitiremos aglomerações na praia. O momento é de ficar em casa e aguardar esses 15 dias para superarmos essa epidemia", afirmou.

O secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, reforçou a orientação. Segundo ele, a população precisa colaborar para conter o avanço de uma possível epidemia.

"É para as pessoas em home-office e as crianças fora das escolas ficarem em casa, se não é sem sentido a medida", argumentou.

O governador afirmou que não há motivo para pânico, e disse que irá usar a força também para evitar corridas a supermercados por consumidores interessados em estocar mantimentos.

Segundo balanço divulgado no início da noite pelo governo do estado, o Rio de Janeiro tem 19 casos confirmados de coronavírus - 17 na capital - e 228 suspeitos. Por enquanto, o Ministério da Saúde computa 16 casos no Rio.

Política