PUBLICIDADE
Topo

Política

Deputada Bia Kicis diz que covid-19 assusta, mas não impede a manifestação

Manifestante usa máscora com as cores da bandeira do Brasil - Felipe Pereira
Manifestante usa máscora com as cores da bandeira do Brasil Imagem: Felipe Pereira

Do UOL, em Brasília

15/03/2020 15h50

Do alto de um caminhão de som, a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) bradava nesta tarde contra Rodrigo Maia, a Justiça e o parlamentarismo enquanto uma garota ao lado circulava com o rosto coberto por uma chamativa máscara azul. Terminado o discurso, a parlamentar desceu e abraçou dezenas de pessoas que pediram foto e, quando questionada se o covid-19 era uma ameaça, respondeu que o vírus "assusta, mas não impede a manifestação".

Ao ser perguntada se o protesto deste domingo poderia provocar uma escalada no número de casos da doença, como alertaram autoridades de saúde, a deputada federal se alterou. Afirmou que conversou como ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, antes de participar do ato e ouviu dele que o protesto não era mais perigoso do que qualquer aglomeração.

Em seguida, Bia Kicis saiu irritada com assessores que reclamavam das perguntas. A participação da deputada federal na manifestação e o discurso que minimiza a pandemia contraria o conselho do Ministério da Saúde, que recomendou a estados e municípios que adotem medidas para restringir o contato físicos entre as pessoas.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB-DF), publicou um decreto suspendo as aulas da rede pública e provada por 15 dias. A intenção é impedir que o vírus se alastre e o número de contaminados exceda a quantidade de leitos da rede pública.

Apesar da irritação da deputada federal Bia Kicis, participantes demonstraram preocupação com o convid-19. Muitos, principalmente os mais velhos e crianças, usavam máscaras. Algumas nas cores da bandeira brasileira, inclusive.

Política