PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Bolsonaro não tem capacidade para administrar a crise, diz João Amoêdo

"Cada um de nós terá que assumir uma responsabilidade ainda maior para a solução do problema", disse Amoêdo - Matheus Reche/Estadão Conteúdo
"Cada um de nós terá que assumir uma responsabilidade ainda maior para a solução do problema", disse Amoêdo Imagem: Matheus Reche/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

18/03/2020 16h56

João Amoêdo fez duras críticas hoje ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partidos), nas redes sociais.

Para o candidato do Novo à eleição presidencial de 2018, Bolsonaro não tem condições de administrar a crise pela qual passa o Brasil — não apenas econômica, mas também em meio à pandemia do novo coronavírus.

"Ao acompanhar a entrevista agora do presidente fica claro: ele definitivamente não tem capacidade, postura e bom senso para administrar a crise que nos encontramos. Cada um de nós terá que assumir uma responsabilidade ainda maior para a solução do problema", escreveu Amoêdo no Twitter.

"Por que, neste cenário, colocar todos os principais ministros juntos? Seria mais adequado que cada um falasse isoladamente. Mais um erro de condução", acrescentou.

A declaração vem menos de dez dias depois da publicação de uma entrevista no jornal O Estado de S. Paulo com Amoêdo, no qual ele diz que votou em Bolsonaro no segundo turno das eleições de 2018 por falta de opção.

"Votei contra o PT. Não me arrependi porque não tinha opção. Achava pior votar nulo ou no PT", justificou-se na ocasião. "Não me surpreende a falta de capacidade administrativa dele, dado o histórico de 28 anos no Congresso", acrescentou.

Coronavírus