PUBLICIDADE
Topo

'Estado precisa ser forte para cuidar do povo', diz Lula sobre crise

O ex-presidente Lula  - Ricardo Stuckert/Divulgação
O ex-presidente Lula Imagem: Ricardo Stuckert/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

24/03/2020 11h00

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu o fortalecimento do Estado para poder enfrentar crises como a provocada pela pandemia do novo coronavírus.

O petista citou como exemplo os Estados Unidos, onde o governo anunciou um plano para enviar dinheiro aos norte-americanos para aliviar o choque econômico da crise — algumas pessoas devem receber até US$ 1 mil, o equivalente a R$ 5 mil.

"Somente um Estado forte é que vai cuidar do povo (...) Estado forte vai contratar quantos leitos e médicos forem necessários, quantos investimentos forem necessários para que nossos pesquisadores encontrem uma vacina. O Estado fraco não faz nada, lamenta, e não cumpre com sua obrigação", criticou em vídeo publicado nas redes sociais.

O ex-presidente disse que os ricos pagam poucos impostos no Brasil e defendeu a necessidade de uma reforma tributária. "Somente quem tem interesse em cuidar do povo mais necessitado é o Estado. Durante toda essa crise não vai aparecer um empresário falando que vai abrir mão dos lucros para cuidar do povo pobre", afirmou.

Lula disse ainda que no Brasil "sempre houve a ideia de convencer a sociedade através de uma forte pressão dos meios de comunicação" a necessidade sobre privatizar o Estado para prestar melhor atendimento à população. "Veja a contradição desse discurso: todos os países em que o povo tem melhor qualidade de vida tem uma tributação mais justa e mais forte para os ricos", argumentou.

Coronavírus