PUBLICIDADE
Topo

Dino ironiza fala de Bolsonaro: 'Não consegue caminhar e mascar chiclete'

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), durante entrevista exclusiva ao UOL e a Folha de S.Paulo - Kleyton Amorim/UOL
O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), durante entrevista exclusiva ao UOL e a Folha de S.Paulo Imagem: Kleyton Amorim/UOL

Do UOL, em São Paulo

25/03/2020 11h13

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB-MA), usou sua conta oficial no Twitter para ironizar o discurso de ontem do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Dino, que não cita diretamente o presidente, acredita que é possível proteger a economia e salvar vidas ao mesmo tempo e que apenas "líderes que não conseguem caminhar e mascar chiclete ao mesmo tempo" não entendem essa possibilidade.

"Salvar vidas e proteger a economia. Não há incompatibilidade entre uma coisa e outra. Somente não entendem isso os líderes que não conseguem caminhar e mascar chiclete ao mesmo tempo", disse.

Desde ontem, Flávio Dino tem se posicionado de forma contrária ao discurso do presidente da República. De acordo com o governador, é preciso encontrar o meio termo e evitar extremismos agressivos.

"Para salvar a economia não é necessário matar milhares de pessoas por coronavírus. Muitos países seguem recomendações dos profissionais de saúde. E, ao mesmo tempo, adotam medidas para proteger empresas e empregos. A virtude está no meio termo, não em extremismos agressivos", analisou.

Coronavírus