PUBLICIDADE
Topo

São Paulo e Rio registram mais panelaços e gritos de 'fora, Bolsonaro!'

Bolsonaro tem sido criticado por defender o afrouxamento do distanciamento social, ainda que autoridades recomendem o oposto - Adriano Machado/Reuters
Bolsonaro tem sido criticado por defender o afrouxamento do distanciamento social, ainda que autoridades recomendem o oposto Imagem: Adriano Machado/Reuters

Do UOL, em São Paulo

27/03/2020 20h17Atualizada em 27/03/2020 20h50

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi alvo de novos protestos por volta das 20h de hoje. Aos gritos de "miliciano" e "assassino", moradores de São Paulo e Rio de Janeiro foram às janelas para bater panelas e pedir a saída de Bolsonaro da Presidência.

Bolsonaro tem sido criticado por defender o afrouxamento das medidas de distanciamento social, ainda que as autoridades de saúde recomendem o oposto. Mais cedo, a Justiça Federal proibiu o governo de adotar medidas contrárias ao isolamento como forma de prevenção da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

A liminar, que atende pedido do Ministério Público Federal, também suspendeu a validade de dois decretos editados pelo presidente que classificaram igrejas e casas lotéricas como serviços essenciais.

Confira alguns vídeos dos protestos e panelaços divulgados no Twitter:

São Paulo

Rio de Janeiro

Política