PUBLICIDADE
Topo

Haddad diz que Bolsonaro passou por situação humilhante; presidente rebate

Montagem Bolsonaro Haddad amp - Arte/UOL
Montagem Bolsonaro Haddad amp Imagem: Arte/UOL

Do UOL, em São Paulo

07/04/2020 18h14

O petista Fernando Haddad afirmou, por meio das redes sociais, que jamais viu um presidente da República em "situação tão humilhante", numa clara referência à crise política entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

"Nunca tinha visto um presidente se colocar em situação tão humilhante", escreveu Haddad, em seu perfil no Twitter.

Bolsonaro se incomodou com a fala de Haddad, e rebateu com foto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sendo acompanhado por policiais no dia do enterro de seu neto, o pequeno Arthur, vítima de meningite, em São Bernardo do Campo (SP), em março do ano passado.

Na época, Lula estava preso na Superintendência da PF em Curitiba (PR) cumprindo pena de 12 anos e 1 mês de prisão pelo caso do tríplex de Guarujá (SP), da operação Lava Jato, e precisou de autorização judicial para ir até o local.

Em seguida, Haddad enviou nova mensagem a Bolsonaro e o chamou de "minúsculo" e "vergonha".

"Bolsonaro, sua resposta tem o seu tamanho. Você é minúsculo, como todos haverão de constatar. Seu ministro de Justiça até tentou, mas o cidadão parisiense da foto, doutor honoris causa por dezenas de universidades, jamais se dobrou, mesmo diante da injustiça. Você é só vergonha", declarou.

Bolsonaro e Haddad disputaram a última eleição para o cargo de presidente da República, em 2018, e foi vencida no segundo turno pelo ex-capitão.

Política