PUBLICIDADE
Topo

Política

De 'crise' a 'pandemônio': saída de Moro ganha a capa dos jornais

Do UOL, em São Paulo

25/04/2020 13h15Atualizada em 25/04/2020 13h57

O pronunciamento do ex-ministro da Justiça Sergio Moro abalou o governo federal ao lançar suspeitas de tentativas de interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Polícia Federal. Não havia outra manchete possível nos jornais e eles foram do humor a palavras como "crise" e "pandemônio".

O presidente afirmou em seu pronunciamento que confiança é uma via de mão dupla, um discurso de relacionamentos. O Diário Gaúcho cravou que acabou o casamento. O Estado de Minas centrou nas consequências da saída de Moro e disse que houve pandemônio em Brasília.

Conhecido por tratar as questões com humor, o Meia Hora escreveu "desMOROnou". Uma foto do presidente e do ex-ministro de máscara era seguida da pergunta qual máscara vai cair. A reflexão faz todo sentido porque a Procuradoria-Geral da República já pediu abertura de investigação a respeito das declarações de Moro.

Política