PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Covas revela prescrição médica: 'Remédio não é de esquerda ou de direita'

4.mai.2020 - O prefeito de São Paulo, Bruno Covas - Bruno Escolastico/Photopress/Estadão Conteúdo
4.mai.2020 - O prefeito de São Paulo, Bruno Covas Imagem: Bruno Escolastico/Photopress/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

15/06/2020 21h57

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, revelou hoje que está sendo tratado com Azitromicina, substância prescrita por sua equipe médica, e aproveitou para alertar contra o que chamou de "politização" de medicamentos.

"Em nome da transparência que entendo necessária quando um político adoece, esclareço que estou tomando o medicamento prescrito pelo meu médico: Azitromicina", escreveu. "Remédio não é de esquerda ou de direita. Lamento que alguns queiram politizar a escolha do medicamento".

Em vídeo, Covas agradeceu mensagens de carinho que recebeu desde que anunciou que estava com covid-19, no sábado (13). Ele contou que está bem, sem dores e trabalhando em regime home office, participando de algumas reuniões virtuais.

O prefeito alertou, ainda, que os paulistanos não se mediquem sozinhos e sigam sempre orientação dos médicos: "Faça como eu: Só tome o remédio que o seu médico prescreveu para você".

Coronavírus