PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Prefeito de Manaus é transferido e terminará tratamento em SP

Arthur Virgílio Neto (PSDB), prefeito de Manaus, é transferido para Sírio-Libanês, em São Paulo - Divulgação
Arthur Virgílio Neto (PSDB), prefeito de Manaus, é transferido para Sírio-Libanês, em São Paulo Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

06/07/2020 16h50

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), que está internado desde o dia 29 de junho com covid-19, foi transferido para São Paulo e fará o tratamento no hospital Sírio-Libanês.

De acordo com nota divulgada pela prefeitura, a transferência foi uma decisão do próprio político. Ele embarcou em um voo privado e está acompanhado pela primeira-dama Elisabeth Valeiko, que também está com a doença causada pelo novo coronavírus.

"Recebi todos os cuidados necessários no hospital Adventista e já tenho PCR reduzido para 30%, o que segundo os médicos é muito bom. Preciso fazer outros exames, como da cirurgia para retirada da próstata que fiz há alguns anos, então decidi ir a São Paulo, onde tenho todo meu histórico médico", disse Arthur Virgílio Neto.

O último boletim médico emitido pelo hospital Adventista de Manaus, onde ele estava internado, diz que o prefeito apresenta "melhora global do quadro clínico, mantendo boa saturação em ar ambiente".

"Tenho recebido muitas mensagens de apoio e desejo de melhoras, que só me motivam, ainda mais, a continuar fazendo o melhor por Manaus. Em breve, estarei de volta e com força total para tocar as muitas obras e ações que temos a realizar até o final do meu mandato", afirmou Virgílio.

Mais cedo, o prefeito de Manaus postou uma foto no hospital e disse que tanto ele quanto a esposa estão firmes no tratamento.

Coronavírus