PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Procurador se desculpa depois de ir à academia durante reabertura no RN

O procurador da República Fernando Rocha - Reprodução
O procurador da República Fernando Rocha Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

18/07/2020 17h15

O grupo de trabalho do Ministério Público Federal criado para analisar as medidas relacionadas à pandemia no Rio Grande do Norte divulgou nota hoje afirmando que o procurador Fernando Rocha pediu "desculpas publicamente" após ser flagrado em uma academia em Natal durante o processo de reabertura no estado. Durante a pandemia, ele criticou duramente a flexibilização.

O MPF chegou a entrar com um recurso na Justiça para reverter a decisão que autorizou a retomada dos serviços não essenciais em Natal.

Rocha, diz o MPF, "reconheceu a contradição de sua ida à academia, um ato pessoal e isolado". Apesar das críticas, o grupo elogiou o trabalho do procurador durante a pandemia, incluindo a criação das plataformas Regula-RN e Fiscaliza-RN, que regulamentaram o acesso aos leitos no estado e criam ferramentas para controlar o gasto público no combate à pandemia.

Segundo o MPF, ele não faz mais parte do grupo após uma decisão "estritamente pessoal". O vídeo do procurador treinando apareceu primeiramente no Instagram e foi amplamente compartilhado nas redes sociais.

Na última terça-feira (14), a capital potiguar deu início a sua segunda fase de reabertura. As academias podem funcionar, mas sem o uso do ar condicionado. No próximo dia 21, centros comerciais e galerias poderão reabrir na cidade.

Coronavírus