PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Quarto de Joice Hasselmann não tinha sinais de luta corporal, diz marido

Rafael Neves

Do UOL, em Brasília

24/07/2021 14h21Atualizada em 24/07/2021 14h23

O neurocirurgião Daniel França, marido da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), disse não ter visto sinais de luta corporal no quarto dela na manhã do último domingo, quando a parlamentar acordou com hematomas e machucados. O médico falou sobre o incidente em entrevista por telefone ao jornalista Oswaldo Eustáquio, publicada ontem em seu canal de Youtube.

França afirmou que prestará depoimento neste fim de semana à Polícia Legislativa, que investiga o caso, mas que também não sabe explicar de que maneira Joice teria sido ferida. O incidente ocorreu na madrugada de sábado para domingo. A deputada contou, em entrevista ao UOL, que estava sozinha em seu quarto, no apartamento funcional onde mora em Brasília, assistindo a uma série na TV.

Em dado momento, ela teria perdido a consciência e acordado pela manhã com ferimentos na cabeça e no rosto. Ela conta que recobrou a consciência deitada de bruços no chão, que tinha marcas de sangue, e que precisou se arrastar para pegar o celular e ligar para o marido, que dormia em outro quarto por ter problemas com ronco.

Na entrevista a Oswaldo Eustáquio, França narrou que foi imediatamente ao encontro de Joice assim que recebeu a ligação, mas não sabe explicar o que teria ocorrido. "A única coisa que me passa pela cabeça é o seguinte. Um: ela realmente perdeu a consciência por algum motivo e caiu, ou a consciência dela foi tirada e, depois, ela teria sido agredida", especulou. Ele também descartou que Joice tenha sido tirada do apartamento.

O apartamento, segundo França, não tinha sinais de arrombamento. O local tem câmeras de segurança e as imagens serão analisadas na investigação. "Ou é alguém que tinha cópia da minha chave, ou é alguém que se escondeu aqui dentro. [O apartamento] tem três cômodos que nunca foram usados. Ou é alguém que se escondeu em algum apartamento [vizinho] de algum parlamentar, aí teve ajuda de alguém", disse Joice na entrevista ao UOL.

Política