PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
5 meses

TJ condena Luis Nassif por danos morais após matéria sobre Luciano Hang

Justiça condena jornalista após publicação de reportagem sobre empresário Luciano Hang, aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) - GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDO
Justiça condena jornalista após publicação de reportagem sobre empresário Luciano Hang, aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) Imagem: GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

18/08/2021 13h52Atualizada em 18/08/2021 21h16

O jornalista Luis Nassif foi condenado hoje a pagar uma indenização de R$ 20 mil ao empresário Luciano Hang por danos morais após publicação de uma reportagem em outubro de 2018. A decisão é do TJSP (Tribunal de Justiça de São Paulo), mas cabe recurso aos Tribunais Superiores.

Na matéria, intitulada "O que está por trás do terrorismo eleitoral do dono da Havan", Nassif dizia que Hang era "sonegador" e que ameaçava funcionários.

Em outro trecho, o jornalista escreve: "Com empréstimos milionários tomados do BNDES e condenação na Justiça por sonegação fiscal e outras irregularidades —inclusive com dívida milionária negociada no Refis para ser paga em mais de 100 anos — Hang teria percebido o tamanho da bolha que criou e se prepara para fechar as portas e aplicar um golpe milionário, inclusive nos funcionários".

Na sentença, o TJ argumentou contra o jornalista ao analisar ofícios da Receita Federal e Acordão do Tribunal Superior Eleitoral.

O conteúdo foi publicado no site GGN em outubro de 2018 e compartilhado nas redes sociais de Nassif. Procurado pelo UOL, o jornalista afirmou, em nota, que Luciano Hang é uma figura pública e, como tal, está exposto a críticas públicas.

"Eu disse que ele foi condenado por evasão fiscal. Ele alega que a condenação foi de sua empresa, não dele. Digo que ele pressionou seus funcionários para votar em Bolsonaro. Ele até foi condenado pelo TSE por isso. No fundo, o que faz é processar todo mundo, ao todo, tem 37 processos, recorrendo ao chamado "joga para ver se pega". E a Justiça fecha os olhos à sua litigância", disse Nassif.

O jornalista acrescentou que o relator do caso é um "desembargador sério", mas "os TJs precisam entender que pessoas que usam recorrentemente as redes sociais devem ser sujeitas às críticas a pessoas públicas".

Segundo a assessoria de imprensa do empresário Luciano Hang, os recursos da indenização serão doados a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).

Política