PUBLICIDADE
Topo

Política

Randolfe: Bolsonaro é o responsável se houver violência no 7 de Setembro

Do UOL, em São Paulo

06/09/2021 15h56

O vice-presidente da CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou hoje, em entrevista ao Canal UOL, que o presidente Jair Bolsonaro deve ser responsabilizado caso haja atos violentos nas manifestações de 7 de Setembro, previstas para acontecer em dezenas de cidades do país:

"Temos sentido da parte do presidente da República um incensar para que ocorra violência nesses atos. Qualquer fatalidade que acontecer amanhã, o responsável será Jair Bolsonaro".

Ao comentar ataques sofridos pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, num bar em São Paulo na última sexta, Randolfe ressaltou que esse tipo de atitude extrapola a liberdade de expressão:

"Isso não é patriotismo e não tem nada a ver com liberdade de expressão. Ataques, ofensas, agressões e ameaças de morte não têm nada a ver com patriotismo. Isso tem um nome ao longo da História: chama-se fascismo. Então, neste momento em que há ameaça à ordem democrática, não pode haver titubeio".

Para o senador, é preciso uma reação dura das instituições caso atos que atentem contra a democracia forem registrados neste feriado da Independência:

"Não pode ser uma reação só do líder da oposição, mas do presidente do Congresso Nacional. São os responsáveis pela democracia que têm de se levantar e não admitir qualquer insurgência".

Nos últimos dias, Bolsonaro tem intensificado as ameaças ao STF, com foco principalmente nos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

Política