PUBLICIDADE
Topo

Política

Partido de Ciro Gomes gastou mais de R$ 1 milhão com ex-marqueteiro do PT

1º.jul.2021 - O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) - Alex Silva/Estadão Conteúdo
1º.jul.2021 - O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) Imagem: Alex Silva/Estadão Conteúdo

Do UOL, em Brasília

09/10/2021 13h13

O PDT (Partido Democrático Trabalhista), que deverá ter Ciro Gomes como candidato à Presidência da República em 2022, tem gastado, há quase sete meses, R$ 250 mil mensais com a empresa Santana & Associados, Marketing e Propaganda, do marqueteiro João Santana

A informação, publicada pela revista Crusoé, foi confirmado ao UOL pelo presidente da legenda, Carlos Lupi. Segundo a revista, os recursos destinados ao marqueteiro têm origem do fundo eleitoral concedido aos partidos políticos.

O publicitário, que já contribuiu com campanhas eleitorais dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, chegou a ser condenado em primeira instância por lavagem de dinheiro pelo então juiz Sergio Moro, no âmbito da operação Lava Jato.

João Santana e a esposa, Monica Moura, fecharam um acordo de delação premiada com os promotores da famosa operação.

Segundo o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, o contrato com o marqueteiro baiano data de abril e tem sido compensado com um serviço "muito bem feito". A fala foi dada em resposta à reportagem publicada hoje pela revista on-line.

"Ele [João Santana] está cuidando de toda a parte do site [do PDT], da publicidade, da nova marca do PDT, das falas do Ciro e até das minhas", afirmou à reportagem.

Lupi também ressaltou o trabalho do publicitário junto às redes sociais da legenda que teriam crescido durante a atuação de Santana.

Política