PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
6 meses

Doria e Virgílio criticam, e Leite nega pedido de adiamento de prévias

Arthur Virgílio, Eduardo Leite e João Doria disputam a indicação do PSDB para a candidatura à presidência da República - Arte/ UOL
Arthur Virgílio, Eduardo Leite e João Doria disputam a indicação do PSDB para a candidatura à presidência da República Imagem: Arte/ UOL

Do UOL, em São Paulo

15/11/2021 23h46

O governador de São Paulo, João Doria, e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio divulgaram hoje uma nota conjunta criticando o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, por um suposto pedido de adiamento das prévias do PSDB. Os três disputam a indicação da legenda para a candidatura à presidência da República.

Porém, Eduardo Leite se manifestou no Twitter negando que tenha feito tal pedido. "Não procede a informação de que nossa campanha tenha proposto adiar as prévias do PSDB", escreveu na noite de hoje.

No comunicado, Doria e Virgílio escreveram que o adiamento é "imoral e inaceitável". "Adiar as prévias é casuísmo eleitoral", defendem.

Os candidatos Arthur Virgílio e João Doria entendem que a democracia não pode ser adiada. As prévias do PSDB devem, portanto, ocorrer no dia 21 de novembro, conforme programado e amplamente divulgado em todo o país. Eleições não se adiam. Eleições se realizam.
Nota conjunta de João Doria e Arthur Virgílio

A votação interna do PSDB está marcada para o próximo domingo (21). O suposto pedido da equipe de Leite seria para que a escolha do candidato do partido fosse postergada para a semana seguinte, no dia 28 de novembro.

Não faz sentido postergarmos a decisão em um processo no qual trabalhamos com absoluta confiança na vitória. Queremos todos os filiados com o app em mãos e decidindo o futuro do PSDB no dia 21.
Eduardo Leite

Política