PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Ciro chama General Heleno de 'Napoleão de Hospício' e pede investigação

Ciro Gomes faz críticas a General Heleno após reportagem do jornal Folha de S.Paulo - Pedro Ladeira/Folhapress
Ciro Gomes faz críticas a General Heleno após reportagem do jornal Folha de S.Paulo Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

06/12/2021 09h49

O pré-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) fez ataques ao ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) da Presidência, o general Augusto Heleno, e pediu investigação após o jornal Folha de S.Paulo noticiar hoje que o ministro autorizou o avanço de garimpo em áreas preservadas na Amazônia.

Na mensagem escrita no Twitter, Ciro chamou Heleno de "Napoleão de Hospício" e criticou ações do general durante a sua carreira militar.

"Com ações conhecidas que já lhe garantiriam um posto em um anti-panteão da desonra militar, o general Augusto Heleno acaba de ser denunciado pela Folha de autorizar o avanço de sete projetos de exploração de ouro em região preservada da Amazônia", escreveu.

De acordo com a reportagem da Folha de S.Paulo, General Heleno autorizou o avanço de sete projetos de exploração de ouro em região praticamente intocada da Amazônia. O ministro também é secretário-executivo do Conselho de Defesa Nacional, órgão que aconselha o presidente em assuntos de soberania e defesa.

"O Ministério Público, a Procuradoria Geral da República e a Polícia Federal não vão investigar? O judiciário não vai punir este absurdo? Não podemos deixar que este alcoviteiro de golpes amplie a marcha de devastação dos últimos santuários da Amazônia brasileira!", escreveu Ciro.

O UOL entrou em contato com a assessoria da GSI e adicionará o posicionamento do General Heleno em relação às declarações de Ciro Gomes assim que receber a resposta.

Política