Conteúdo publicado há 7 meses

Lula exalta melhora da economia e volta a fazer brincadeira com picanha

O presidente Lula (PT) exaltou a melhora no cenário econômico hoje durante cerimônia de lançamento do novo Minha Casa, Minha Vida, e voltou a brincar com o preço da picanha, tema recorrente durante a campanha eleitoral.

O que ele disse?

"As pessoas percebem que a economia começa a melhorar, o preço do alimento começa a cair. Na campanha, eu falava da famosa picanha... portanto, a gente vai voltar a comer carne. Quem não gosta, come verdura, legume, qualquer outra coisa.

"Eu, por exemplo, não abro mão de uma picanhazinha com uma cerveja gelada na casa de um companheiro que ofereça para a gente. É muito bom. O país vai voltar à normalidade", disse.

Preço da carne caiu 2,1% em junho, conforme o IPCA, índice oficial da inflação medido pelo IBGE. País registrou deflação de 0,08% no mês, na primeira queda na média dos preços desde setembro de 2022.

Presidente também citou boa relação com o Congresso, com a votação da reforma tributária e do sistema de votação do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). "A relação com o Congresso vive o melhor momento das últimas décadas", disse. "As pessoas perguntam, "como que aprovou?". Não é para nós, para o PT, para o Lula. Aprovou porque as pessoas estão percebendo o momento histórico que o Brasil está vivendo".

Lula destacou melhora nos imóveis entregues pelo Minha Casa, Minha Vida. "Não é porque a pessoa vive em situação de penúria que tem que aceitar qualquer coisa", disse. "É preciso que a gente zele pela qualidade das coisas que a gente vai entregar ao povo mais pobre dese país".

Novas unidades do MCMV devem ter ao menos 40 metros quadrados, com varanda e espaços de lazer.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes