Conteúdo publicado há 4 meses

'Parlamentar vive de atenção', diz vice do Senado sobre governo Lula

O vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), falou sobre a relação da Casa com o governo Lula (PT).

O que aconteceu

O senador diz que a articulação política do governo melhorou, mas que parlamentar "vive de atenção, de ser lembrado". A declaração foi dada em entrevista ao jornal O Globo.

Insatisfação do Senado não é só em relação ao pagamento de emendas parlamentares. Segundo apurou a Folha, os senadores também cobram a nomeação de aliados no governo e reclamam que não são chamados para agendas de Lula.

Derrotas do governo no Senado

O governo Lula vem amargando derrotas no Senado nos últimos meses. Em outubro, os senadores rejeitaram a indicação de Lula para a DPU (Defensoria Pública da União) em um duro recado ao governo, que expôs o clima de insatisfação na Casa.

O Senado aprovou a prorrogação da desoneração da folha de pagamento para 17 setores, o que pode dificultar planos da equipe econômica para zerar o déficit para 2024.

O Senado também está colocando em votação pautas anti-STF, o que pode gerar uma crise entre os Poderes e atrapalhar o ambiente político, avaliou o Planalto, segundo a Folha.

Todas as vezes em que se aborda alguma insatisfação do Legislativo perante o Executivo, se fala que determinada emenda indicada não foi empenhada ou depois não foi paga. Não é isso. O parlamentar vive de atenção, de ser lembrado, estar presente, poder ser ouvido? É uma aproximação.

Se você tem um desejo de remeter uma demanda ao Congresso, e se o faz de forma esmiuçada, antecipadamente, o processo nas duas Casas será muito mais rápido.
Senador Veneziano Vital do Rêgo

Deixe seu comentário

Só para assinantes