Conteúdo publicado há 1 mês

No Rio, Lula inaugura terminal e brinca com Paes: 'Pare de pedir dinheiro'

O presidente Lula brincou nesta sexta-feira (23) com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, para que ele pare de pedir recursos do governo federal. Os dois participaram da inauguração do Terminal Intermodal Gentileza (TIG).

O que aconteceu

Lula ressaltou a demora nas obras e inauguração do Terminal, e creditou a conclusão do projeto ao prefeito do Rio e ao governo federal. "O contrato com a Caixa, que garantiu o Terminal Gentileza, estava assinado desde 2013. E foi preciso voltar um prefeito como Eduardo Paes e o governo federal para terminar essa importante obra para o transporte público do Rio", disse.

O presidente brincou que Paes precisa parar de pedir financiamento. "Quando venho inaugurar um terminal chamado Gentileza, a gente só pode dizer que finalmente no Rio de Janeiro o amor venceu o ódio. Eduardo, parabéns. Agora, pare de me pedir dinheiro. Eu quando agora vejo esse cara chegando em Brasília, já começo a inventar que estou viajando para não ter que recebê-lo, porque senão todo o dinheiro público...", disse.

"Especialista em tomar bilhão [de reais]". Mais cedo, Paes havia brincado que sabe pedir dinheiro para os presidentes petistas.

"Eu enrolo bem o Lula, mas a Dilma eu enrolava melhor ainda. Eu pedi, e não tinha nada a ver com Copa do Mundo ou Olimpíadas, e a Dilma deu ali um financiamento de R$ 1 bilhão, através da Caixa, através do ministério das Cidades, para a gente fazer o BRT Transbrasil", disse.

Um governante mesquinho passou quatro anos com essa obra parada. [...] Se não fosse a fé e a crença desse homem [Lula] naquilo que a gente falava sobre o Rio de Janeiro, não teria acontecido. E o Lula volta, em 2023. É um presidente absolutamente apaixonado por essa cidade e esse estado
Eduardo Paes, prefeito do Rio

Terminal Gentileza. O espaço é considerado o maior integrador de transporte público da capital fluminense e conecta os serviços do mais novo corredor de BRT da cidade, o BRT Transbrasil, do VLT e dos ônibus municipais.

Cerca de 150 mil pessoas devem passar pelo terminal todos os dias. O TIG tem dois andares - o térreo é dedicado à chegada de todos os modais e, na parte superior, estão bilheterias, banheiros, 80 lojas e a sala de espera para o serviço especial TIG / Aeroporto Internacional do Galeão (GIG).

Deixe seu comentário

Só para assinantes