Conteúdo publicado há 1 mês

Josias: Boulos acerta ao trocar simbólico Celta por blindado após ameaças

O deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL-SP) acerta em trocar seu Celta por um blindado para proteger sua integridade física neste ano eleitoral, comentou o colunista Josias de Souza no UOL News da manhã desta quarta-feira (28).

Ele está certíssimo. Você não pode ameaçar sua integridade física para preservar um símbolo. O Celta é um símbolo que o Guilherme Boulos explorava para realçar sua simplicidade e sua origem, mas você não pode preservar um símbolo e permitir que sua integridade física esteja ameaçada.

Começa a se repetir no microcosmo paulistano o cenário envenenado que infectou as disputas políticas e eleitorais no Brasil. Bolsonaro sofreu a facada em 2018 e, no mesmo ano, em março, Lula fazia uma caravana no Paraná e os ônibus foram atacados a tiros, na bala.

Os candidatos têm que se precaver, faz bem o Guilherme Boulos em proteger sua integridade. As autoridades precisam assegurar que as eleições se deem em um ambiente democrático, não violento.

Tales: Não faz sentido Boulos manter Celta que o permita levar tiro ou facada

Tales Faria também concorda com a decisão de Boulos de trocar o Celta por um blindado.

Não faz sentido o Boulos manter um símbolo de campanha que o coloque na posição de levar um tiro ou uma facada, como levou Bolsonaro, em 2018. Não faz sentido manter o Celtinha e ter o risco de sofrer um atentado. Fez muito bem o Boulos em mudar.

O que aconteceu

PF abriu inquérito para investigar ameaças de morte recebidas por Boulos. Advogados do pré-candidato encaminharam representação ao diretor-geral da PF, Andrei Passos Rodrigues.

Continua após a publicidade

Advogados acionaram PF e não a SSP-SP (Secretaria de Segurança de São Paulo) porque "um dos potenciais autores dos delitos é integrante das forças de segurança pública estadual". Além disso, afirmaram que o atual secretário de Segurança, Guilherme Derrite, "é um conhecido opositor" do campo político de Boulos e do próprio pré-candidato.

Ofensas "ganharam contornos mais preocupantes". A defesa de Boulos afirmou ainda que ele já estava até "acostumado" a ser xingado e ofendido nas redes sociais, mas que as atuais mensagens que ele tem recebido aumentaram a preocupação.

Troca do Celta por carro blindado foi definida após diálogo de Boulos com pessoas de sua confiança na área da segurança. Elas viram nas ameaças um potencial risco à integridade física dele.

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Continua após a publicidade

Veja a íntegra do programa:

Deixe seu comentário

Só para assinantes