Conteúdo publicado há 3 meses

MDB de Nunes quer punição de Boulos por distribuição de leques no carnaval

O diretório do MDB de São Paulo, partido do prefeito Ricardo Nunes, apresentou uma representação ao Ministério Público Eleitoral contra Guilherme Boulos (PSOL), deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, por suposto uso de material de propaganda no carnaval. O motivo é a distribuição de leques aos foliões em apoio a Boulos. Ao Estadão, a equipe do parlamentar informou que a ação foi iniciativa de blocos de carnaval.

O MDB alega campanha antecipada, com "uso de evento público para o favorecimento e promoção pessoal" de Boulos. Nos leques, estavam estampadas frases como "Fica, vai ter", com uma imagem ilustrativa de um pedaço de bolo, em referência ao sobrenome do candidato, e "São Paulo mais gostoso com", também com o desenho.

"A ação constitui na farta distribuição de brindes ao público, como leques com slogans promocionais da pessoa do pré-candidato Guilherme Boulos, bem como na distribuição de materiais de propaganda a seu favor, associando-o à festa pública de rua e aos 'blocos' de carnaval que lhe serviram de palanque", afirma a representação do partido de Nunes.

Segundo o PSOL, a distribuição dos brindes foi uma ação de blocos de carnaval. Em um movimento intitulado "Meu Bloco com Boulos", mais de 175 blocos assinaram petição de apoio. "Estamos com Guilherme Boulos e Luiza Erundina porque acreditamos na potência da alegria para melhorar a vida e a cidade. Que o carnaval seja cada vez mais democrático, horizontal, plural e diverso, da periferia mais profunda ao centro mais intenso, de baixo para cima, pelo povo, para o povo e com o povo. Uma brincadeira para corpos livres e vivos!", diz site do movimento.

No documento enviado ao promotor de Justiça Fabiano Augusto Petean, da 1ª Zona Eleitoral de SP, estão anexadas fotos de Boulos nos blocos de carnaval. Não há imagens de Boulos distribuindo leques.

"Nesta cena abaixo, capturada do próprio Instagram do pré-candidato Guilherme Boulos (@guilhermeboulosoficial), ele está ladeado de pessoas que portam o leque/brinde de sua propaganda", argumenta o partido.

Deixe seu comentário

Só para assinantes