Conteúdo publicado há 1 mês

Ex-deputado federal Wladimir Costa é preso por crime eleitoral no Pará

O ex-deputado federal Wladimir Costa (Solidariedade-PA) foi preso na manhã de hoje pela Polícia Federal.

O que aconteceu

Ele foi preso de forma preventiva pela prática de crimes eleitorais, informou a PF. O crime de violência política atribuído a ele teria sido cometido contra uma deputada federal por meio de redes sociais.

Ex-deputado foi preso ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Belém. Ele foi encaminhado ao sistema penal, informou a PF.

Publicações ofensivas contra deputada devem ser apagadas. A decisão foi do Tribunal Regional Eleitoral, informou a PF.

Deputada alvo das publicações denunciou Wladimir para "defender a honra". Em postagem nas redes sociais, Renilce Nicodemos (MDB-PA) agradeceu ao trabalho da polícia e disse que era alvo de publicações ofensivas há mais de seis meses.

O UOL entrou em contato com a defesa do ex-deputado. O espaço será atualizado tão logo haja posicionamento.

Deixe seu comentário

Só para assinantes