PUBLICIDADE
Topo

Número de mortos por coronavírus no mundo passa de 355 mil

20.mai.2020 - Ala de UTI para pacientes internados com coronavírus no hospital Gilberto Novaes, em Manaus - Michael Dantas/AFP
20.mai.2020 - Ala de UTI para pacientes internados com coronavírus no hospital Gilberto Novaes, em Manaus Imagem: Michael Dantas/AFP

28/05/2020 09h37

O novo coronavírus causou pelo menos 355.736 mortes em todo o mundo desde que surgiu, em dezembro passado, na China, aponta um balanço feito pela AFP com base em fontes oficiais, hoje.

Desde o início da epidemia, mais de 5.705.890 pessoas em 196 países, ou territórios, contraíram a doença. Destas, pelo menos 2.280.300 ficaram curadas, segundo as autoridades.

Esse número de casos positivos diagnosticados reflete apenas uma parte do número total de contágios, devido às diferentes políticas de diagnóstico adotadas por cada país.

Alguns testam apenas aqueles que precisam de hospitalização e, em muitos países pobres, a capacidade de testes é limitada.

O número de mortos nos Estados Unidos chega a 100.442. O país registrou 1.699.933 casos de contágio e, de acordo com autoridades de saúde locais, 391.508 pessoas se recuperaram da doença.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são: Reino Unido, com 37.460 mortes e 267.240 casos; Itália, com 33.072 mortes (231.139 casos); França, com 28.596 mortes (182.913 casos); e Espanha, com 27.118 mortes (236.769 casos).

A China continental (sem contar Hong Kong e Macau) tem um total de 82.995 pessoas infectadas, das quais 4.634 morreram e 78.288 se recuperaram plenamente. Nas últimas 24 horas, surgiram dois novos casos.

Desde o início da epidemia, a Europa registrou 175.077 óbitos (2.084.764 infecções); Estados Unidos e Canadá, 107.300 (1.787.452); América Latina e Caribe, 45.358 (842.826); Ásia, 15.060 (488.379); Oriente Médio, 9.119 (369.224); África, 3.690 (124.736); e Oceania, 132 (8.517).

Esse balanço foi feito com base em dados das autoridades nacionais compilados pelas redações da AFP e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Coronavírus