PUBLICIDADE
Topo

Cidade turística da África do Sul emite alerta máximo contra o ebola

Do UOL, em São Paulo

07/08/2014 19h29

As unidades de saúde da província sul-africana de Mpumalanga, que atrai turistas pelos animais selvagens e esportes radicais, estão em alerta máximo por causa do surto de ebola na África Ocidental. As informações são do site "News 24".

Serra Leoa, Libéria e Guiné vivem surto de ebola considerado o mais devastador de todos os tempos. De fevereiro a agosto, a doença matou quase mil pessoas nos três países e na Nigéria, aonde o vírus chegou mais recentemente, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).

O porta-voz provincial de saúde local, Dumisani Malamule, disse nesta quinta-feira (7)  que todos os hospitais e clínicas estão em alerta e devem controlar qualquer um que tenha viajado para um desses países, considerados áreas de risco.

"O departamento conta com equipes de resposta a surtos funcionais em todos os níveis. Estas equipes são responsáveis pelo controle e gerenciamento de qualquer caso suspeito de uma doença contagiosa que tem o potencial de causar um surto ou epidemia", disse ele.

Malamule disse que o risco de infecção para os viajantes em geral é baixa, pois a maioria das infecções resulta do contato direto com os fluidos corporais, como suor, urina ou fezes, ou secreções de pacientes infectados.

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-lista','/2014/leia-mais-sobre-o-ebola-1406136364578.vm')

Ele disse ainda que a frequência das viagens entre os países africanos do sul e oeste também é baixa, tornando baixo o risco de o ebola se espalhar para a África do Sul.

vírus do ebola é transmitido pelo contato do tecido humano com sangue e fluído corporal, mas pode ser combatido com hábitos de higiene, como lavar as mãos e uso de água sanitária.