PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Jovem deficiente morre em casa após família ficar em quarentena na China

24.jan.2020 - Médicos atendem paciente infectado pelo coronavírus no hospital Zhongnan, em Wuhan, na China - Xinhua/Xiong Qi
24.jan.2020 - Médicos atendem paciente infectado pelo coronavírus no hospital Zhongnan, em Wuhan, na China Imagem: Xinhua/Xiong Qi

Do UOL, em São Paulo

30/01/2020 12h11

Um jovem chinês morreu após ter sido deixado sozinho em casa enquanto a família ficou isolada em um hospital de Hubei, na China. O garoto sofria de uma deficiência e não poderia ter ficado sozinho.

Segundo o jornal Beijing Youth Daily, de Pequim, Yan Cheng, de 17 anos, ficou seis dias sozinho em casa. Ele morava com o pai e o irmão, ambos isolados em um hospital em Hubei com suspeita de estarem com o novo coronavírus.

Cheng morreu ontem. As informações iniciais são de que ele ficou sem ter o que comer, beber e não consegui fazer sua higiene pessoal sozinho.

Autoridades locais disseram "que um jovem com paralisia cerebral não poderia ter ficado sozinho em casa sem ninguém para olhar por ele". A polícia vai investigar o caso e o que levou à morte do jovem.

O pai do jovem, Yan Xiaowen, de 49 anos, e seu irmão mais novo participaram das comemorações do Ano Novo Lunar em um vilarejo perto de Wuhan no dia 17 de janeiro.

Três dias depis, Xiaowen teria começado a se sentir febril. Na última sexta-feira, ele e o filho mais novo foram ao hospital e foram isolados pelos médicos, deixando Cheng em casa.

Xiaowen ainda usou uma rede social da China para contar sua situação e pedir ajuda para o filho enquanto estava no hospital.

"Tenho dois filhos deficientes. Meu filho mais velho, Yan Cheng, tem paralisia cerebral. Ele não pode mover seu corpo, ele não pode falar ou cuidar de si mesmo. Ele já está em casa sozinho há seis dias, sem ninguém para dar banho nele ou trocá-lo, ele está sem nada para comer ou beber", escreveu.

O que se sabe é que uma tia do jovem chegou a visitá-lo três vezes e levar comida para ele. A última vez foi na terça-feira, mas segundo o jornal, o estado de saúde de Cheng havia se deteriorado.

Saúde