PUBLICIDADE
Topo

China desativa hospitais temporários de Wuhan após contenção do coronavírus

Presidente chinês, Xi Jinping, durante reunião sobre operação de hospitais e tratamento de pacientes no hospital Huoshenshan, em Wuhan - XINHUA
Presidente chinês, Xi Jinping, durante reunião sobre operação de hospitais e tratamento de pacientes no hospital Huoshenshan, em Wuhan Imagem: XINHUA

Do UOL, em São Paulo

10/03/2020 14h26

O governo chinês desativou hoje todos os 16 hospitais temporários construídos em Wuhan após o surto de coronavírus, informou o jornal estatal Paper em sua conta no Twitter.

Segundo o presidente chinês, Xi Jinping, que fez hoje uma visita surpresa a Wuhan, afirmou que o novo coronavírus está "praticamente contido" na cidade e em sua província de Hubei, o epicentro da epidemia.

"Os primeiros resultados foram obtidos, estabilizando a situação e mudando a tendência em Wuhan e em Hubei", onde 56 milhões de habitantes estão em quarentena desde o fim de janeiro, afirmou Xi, citado pela agência estatal de notícias Xinhua.

A visita de Xi Jinping coincide com o anúncio dos números do Ministério da Saúde, de apenas 19 casos novos nas últimas 24 horas.

O número representa uma queda espetacular na comparação com as centenas de contaminações diárias durante o mês de fevereiro, uma demonstração de que as drásticas medidas adotadas pela China estão dando resultado.

Saúde