PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Prefeitura de SP pede para população não viajar no feriado de Tiradentes

Bruno Covas, prefeito da cidade de São Paulo - PAULO GUERETA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
Bruno Covas, prefeito da cidade de São Paulo Imagem: PAULO GUERETA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

17/04/2020 12h53

O governo estadual de São Paulo prorrogou hoje a quarentena até o dia 10 de maio. O prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), aproveitou o anúncio oficial para ampliar o pedido para que a população fique em casa no feriado do dia 21 de abril.

"Insistimos, fiquem em casa, neste feriado. Não viaje. Não amplie as chances de o vírus se espalhar por aí", declarou Bruno Covas.

Os números atualizados indicam que o estado tem 853 mortos e 11.568 casos confirmados. A capital responde por cerca de 70% dos óbitos. Coordenador do Centro de Contingência ao Coronavírus, David Uip, acrescentou que a pandemia chegou ao litoral, destino de boa parte das pessoas que viajam nos feriados.

No feriadão da Páscoa, o estado chegou a atingir 59% de isolamento social, mas este índice foi reduzido e ontem fechou em 49%. A estimativa das autoridades de saúde é que os hospitais da rede pública ficarão com UTIs lotadas em meados de maio se a adesão à quarentena não aumentar.

Volte em instantes para mais informações.

Coronavírus