PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Ministério da Saúde cancela coletiva por 'motivos de saúde' de secretário

Wanderson Oliveira, Secretário de Vigilância em Saúde - Marcello Casal JrAgência Brasil
Wanderson Oliveira, Secretário de Vigilância em Saúde Imagem: Marcello Casal JrAgência Brasil

Do UOL, em São Paulo

04/05/2020 16h44

O Ministério da Saúde cancelou a coletiva técnica sobre a pandemia do coronavírus no Brasil que seria realizada hoje, por volta das 17 horas, em Brasília, por 'motivos de saúde' do secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira.

"Por motivos de saúde, o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, não conseguirá participar da coletiva técnica desta segunda-feira (4). Sendo assim, não haverá a coletiva técnica do Ministério da Saúde, às 17h, no Palácio do Planalto", justificou a pasta, sem entrar em detalhes.

A coletiva do ministro da Saúde, Nelson Teich, que ocorreria às 18h em Manaus, também foi cancelada pelo Ministério. Ele estaria ao lado do secretário-executivo da pasta, o general Eduardo Pazuello.

"O ministro da Saúde, Nelson Teich, segue em mais duas reuniões técnicas sobre ações e medidas para o Amazonas e sua capital. Considerando o atendimento realizado nesta manhã aos jornalistas e o horário tardio previsto para o término da reunião, foi cancelada a coletiva de imprensa", disse a assessoria da pasta.

O Ministério da Saúde anunciou hoje que subiu para 7.288 o número de mortes pelo novo coronavírus no Brasil — 263 óbitos em 24 horas. Até ontem eram 7.025.

No total, o país chegou a 105.222 casos oficiais, aumento de 4.075 diagnósticos entre ontem e hoje.

Segundo o ministério, até ontem, ao menos 51.131 pacientes estão em acompanhamento e mais de 42.991 já se recuperaram — 1.364 óbitos seguem em investigação.

Coronavírus