PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Ministério da Saúde entrega 17% de leitos de UTI prometidos para estados

Bruno Kelly - 13.abr.2020/ Reuters
Imagem: Bruno Kelly - 13.abr.2020/ Reuters

Do UOL, em São Paulo

06/05/2020 08h51

O Ministério da Saúde não conseguiu, pela segunda vez, contratar leitos de UTI de instalação rápida que seriam distribuídos para os estados durante a pandemia do coronavírus.

Segundo o jornal O Globo, o pregão realizado no último dia 30 não contou com interessados - no dia 19 de março, outra licitação ocorreu também sem sucesso.

Diante disto, a pasta entregou aos estados, até o momento, apenas 350 leitos do tipo, 17% do total prometido há cerca de dois meses.

Há ainda, de acordo com o veículo, outros 190 leitos contratados, mas a entrega não foi realizada devido à falta de respiradores.

O Brasil está registrando uma escalada no número de casos e de mortes causadas pelo novo coronavírus.

Ontem, o país registrou 6.935 novos casos e outras 600 mortes em decorrência de covid-19 - há outros 1.579 óbitos em "investigação".

O cenário assombra algumas capitais. Cidades como Manaus, São Luís e Rio de Janeiro registraram escassez de leitos de UTI nos hospitais nos últimos dias.

Coronavírus