PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

48 cidades de SP relaxaram quarentena, mas 30 voltaram atrás, diz governo

6.abr.2020 - Pessoas caminham na rua 7 de abril em meio à quarentena - Alex Tajra/ UOL
6.abr.2020 - Pessoas caminham na rua 7 de abril em meio à quarentena Imagem: Alex Tajra/ UOL

Afonso Ferreira

Do UOL, em São Paulo

07/05/2020 10h32Atualizada em 07/05/2020 10h49

Ao menos 48 cidades no estado de São Paulo publicaram decretos com alguma flexibilização das medidas de distanciamento social estabelecidas pelo governador João Doria (PSDB). Desse total, 30 voltaram atrás e revogaram o relaxamento da quarentena.

Os dados constam em um levantamento feito pela Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado com base nos decretos publicados pelas prefeituras até 30 de abril.

O estado de São Paulo está em quarentena desde 24 de março para tentar reduzir o número de casos e mortes causadas pelo novo coronavírus.

Há casos de municípios que permitiram a abertura do comércio, cultos e celebrações religiosas, escritórios e academias, respeitando regras de higiene e de distanciamento entre as pessoas.

Coronavírus