PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Brasil registra mais de mil cidades com mortes provocadas pelo coronavírus

Cemitério da Vila Formosa, em São Paulo, tem covas abertas à espera dos mortos pela covid-19 na pandemia de coronavírus - Nelson Almeida/AFP
Cemitério da Vila Formosa, em São Paulo, tem covas abertas à espera dos mortos pela covid-19 na pandemia de coronavírus
Imagem: Nelson Almeida/AFP

Judite Cypreste

Do UOL, em São Paulo

13/05/2020 00h03

As mortes por coronavírus chegaram a 1.004 cidades do país nesta terça-feira, um número que representa 18% dos 5.570 municípios brasileiros. É o que diz análise feita pelo UOL com base em dados coletados da plataforma colaborativa Brasil.IO.

As mortes provocadas pela covid-19, doença causada pelo vírus, já estão presentes em todos os estados e capitais do país, além do Distrito Federal. Cidades de pequeno e médio portes também já registram óbitos por causa da pandemia.

Segundo o médico infectologista Evaldo Stanislau, diretor da Sociedade Paulista de Infectologia, este cenário reflete que a epidemia cresceu e continuará crescendo por algum tempo. Sem vacinas e medicações com eficácia comprovada contra o vírus, "o isolamento social ainda é a única medida para controlar a disseminação", afirma o médico.

Quatro estados já endureceram medidas de isolamento social para contenção do número de casos de covid-19: Maranhão, Pará, Ceará e Pernambuco. Juntos, os estados somam 2.654 mortes.

Outros estados, como São Paulo, ensaiam medidas mais restritivas de circulação. Na capital, o prefeito Bruno Covas (PSDB) decretou um rodizio de carros mais restrito que o comum. Com a regra em vigor desde segunda-feira (11), a cidade viu, entretanto, um aumento de pelo menos 600 mil pessoas circulando no transporte coletivo em horários de pico.

Mortes pelo coronavírus já chegam a mais de mil cidades

brasil-ja-chega-a-mil-cidades-com-moradores-mortos-por-coronavirus - Judite Cypreste/UOL - Judite Cypreste/UOL
Dados coletados no dia 12/05, às 19h. Fonte: Ministério da Saúde, secretárias estaduais e Brasil.io
Imagem: Judite Cypreste/UOL

RJ, AM e AP registram óbitos em mais da metade dos municípios

Amazonas, Amapá e Rio de Janeiro possuem um dado em comum com relação à mortalidade de habitantes por coronavírus. Os três estados contabilizam mais de 50% de suas cidades com casos de óbitos.

O Amazonas convive com colapso do sistema de saúde e a falta de leitos de UTI para todos os pacientes. A capital Manaus é a quarta em número de mortos em todo o país.

Na corrida para procurar ajuda médica nas capitais, o deslocamento de moradores acaba auxiliando a transmissão do vírus. Este é o caso de indígenas vítimas do coronavírus no país. Segundo dados da plataforma Covid-19 e os Povos Indígenas, são 19 óbitos e 258 confirmados em comunidades da etnia.

E, se no começo da pandemia a diferenciação entre casos importados e locais ainda era registrada, segundo Stanislau isso já não está mais sendo levado em consideração: "Nós perdemos o controle".

Coronavírus