PUBLICIDADE
Topo

País mantém mortes diárias acima de EUA com 1.039 óbitos confirmados em 24h

Do UOL, em São Paulo

26/05/2020 19h46

O Brasil atingiu hoje 24.512 mortes pelo novo coronavírus, com 1.039 confirmações de óbitos nas últimas 24 horas. Os registros são superiores aos dos Estados Unidos, que tiveram notificadas 592 mortes entre ontem e hoje. Os EUA são o país com maior quantidade de óbitos pela covid-19 no mundo — 98.261, segundo o CDC (Centro para o Controle e Prevenção de Doenças americano).

Os dados mais recentes do Ministério da Saúde apontam 391.222 diagnósticos da doença no país; 16.324 infectados foram registrados entre ontem e hoje.

Ainda segundo o ministério, 3.882 óbitos suspeitos estão em investigação e 208.117 casos seguem em acompanhamento. Cerca de 158.593 pacientes já se recuperaram da doença.

O país superou ontem, pela primeira vez, a quantidade de mortes entre um dia e outro em relação aos EUA. Segundo os dados do CDC, os norte-americanos registraram 620 mortes em 24 horas no balanço oficial de ontem. Já o boletim diário do Ministério da Saúde apontou 807 novos óbitos no Brasil no período.

Opas prevê mais de 80 mil mortes até agosto

A Opas (Organização Pan-Americana da Saúde) projeta que o número de mortes pela covid no Brasil pode atingir 88,3 mil no início de agosto.

Em coletiva de imprensa virtual realizada hoje, a organização reiterou que a América do Sul é o novo epicentro da doença, conforme dito pela OMS (Organização Mundial da Saúde) na semana passada, e pede que o Brasil aumente a quantidade de testes do novo coronavírus para detectar melhor a situação.

Casos não necessariamente ocorreram no último dia

Os diagnósticos e óbitos confirmados pelo governo entre um dia e outro não necessariamente ocorreram de ontem para hoje. O Ministério da Saúde explica que há atrasos de até dois meses nos registros feitos pelas secretarias, provocados pela fila de testes, e que as confirmações podem refletir ocorrências desde o início da pandemia.

O UOL já identificou atrasos de mais de 50 dias para a oficialização de mortes. Do total de óbitos divulgados pelo Ministério hoje, 284 ocorreram nos últimos três dias, segundo a pasta.

Coronavírus