PUBLICIDADE
Topo

Governo autoriza contratação de 5.185 profissionais para combate à pandemia

Profissionais de saúde se preparam para transportar paciente com covid-19 em Santo André -
Profissionais de saúde se preparam para transportar paciente com covid-19 em Santo André

Do UOL, em São Paulo

26/05/2020 07h09

O Governo Federal autorizou, por meio de uma portaria publicada hoje no Diário Oficial da União, a contratação de 5185 profissionais da saúde por tempo determinado para ajudar no combate à pandemia do novo coronavírus.

O maior número das vagas é destinado a técnicos de enfermagem: 2.259. Estão autorizadas ainda as contratações de médicos intensivistas, enfermeiros e fisioterapeutas, entre outros.

Segundo a portaria, os profissionais poderão ser contratados a partir de maio de 2020 para atuar nas atividades de assistência e apoio à assistência à saúde, nas cidades do país que fazem frente ao combate do novo coronavírus.

O prazo de validade dos contratos será de até seis meses, limitados os respectivos termos finais a 31 de dezembro de 2020. A remuneração e a locação dos contratados serão definidas pelo Ministério da Saúde. Não há informações de como será realizado o processo de seleção.

Ainda segundo a portaria, enquanto perdurar o estado de calamidade pública, as contratações serão custeadas com recursos orçamentários oriundos da publicação de Medida Provisória destinada a abertura de crédito extraordinário para o período de pandemia.

A portaria é assinada pelo secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Spencer Uebel, e o ministro da Saúde Substituto, Eduardo Pazuelo.

Veja a quantidade de vagas que foram autorizadas para cada função:

Médico Intensivista: 192
Enfermeiro Intensivista: 100
Fisioterapeuta Intensivista: 60
Médico (Unidade aberta): 606
Médico (UBS): 18
Enfermeiro (Unidade aberta): 698
Fisioterapeuta (Unidade aberta): 684
Técnico de Enfermagem (Unidade aberta): 2.259
Técnico em Laboratório (Unidade aberta): 101
Farmacêutico (Unidade aberta): 102
Nutricionista (Unidade aberta): 57
Biomédico (Unidade aberta): 61
Fonoaudiólogo (Unidade aberta): 120
Psicólogo (Unidade aberta): 100

Coronavírus