PUBLICIDADE
Topo

SP diz testar 8 mil por dia e promete chegar a níveis de Espanha e Itália

Do UOL, em São Paulo

04/06/2020 12h58

O governo de São Paulo disse hoje que tem realizado cerca de oito mil testes de covid-19 por dia. Segundo dados anunciados hoje pelo Comitê de Contingência no combate ao coronavírus, o número em abril era de mil exames diários.

De acordo com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, São Paulo vai chegar aos níveis de testagem de grandes países europeus, como Espanha e Itália em até três meses. Além disso, o governo também anunciou a distribuição de mais 30 mil swabs de testes para os municípios.

"O estado de São Paulo é o que mais testa e vai chegar aos níveis de Itália e Espanha", afirmou Dimas Covas. "Esses números são do dia a dia. A progressão depende dos exames que chegam. O município que demanda o PCR. Os municípios tinham uma dificuldade inicial de insumos para coleta. Isso deixa capacidade ociosa de atendimento. Os números de exames que temos falado por 100 mil habitantes estão previstos para os próximos três meses."

No início da semana, o governo paulista disse que a pandemia de covid-19 chegou a um estágio em que o número de internações e mortes pela doença deve desacelerar nas próximas semanas. O Centro de Contingência no combate ao coronavírus projeta uma queda na quantidade de pacientes que precisam de atendimento médico, o que indicaria um maior fôlego ao sistema de saúde.

"A expectativa é que o crescimento de óbitos desacelere, o de internações desacelere e o de casos suba porque nossa expectativa é que o número de testes aumente", afirmou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, no início da semana.

Queda na lotação de leitos de UTI

Segundo os dados divulgados pelo governo, os índices de lotação das UTIs diminuíram nas últimas 24 horas. Hoje, o estado está com 71,4% dos leitos ocupados — o número era de 72,3% ontem. Já a Grande São Paulo foi de 84,7% ontem para 82,4% hoje.

Coronavírus