PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

São Paulo chega a 26.899 mortes e supera 700 mil casos de covid-19

Corpo é sepultado no Cemitério da Vila Formosa, o maior da América Latina, na zona leste de São Paulo - Robson Rocha/Agência F8/Estadão Conteúdo
Corpo é sepultado no Cemitério da Vila Formosa, o maior da América Latina, na zona leste de São Paulo Imagem: Robson Rocha/Agência F8/Estadão Conteúdo

Felipe Pereira e Patrick Mesquita

Do UOL, em São Paulo

17/08/2020 13h14

O estado de São Paulo chegou a 26.899 mortes por causa da covid-19 e ultrapassou hoje a marca de 700 mil casos da doença. De acordo com dados apresentados pela Secretaria Estadual de Saúde, 702.665 pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

A taxa de ocupação de leitos de UTI no estado é de 57,4%. Já a Grande São Paulo tem 55,5% das vagas nas Unidades de Terapia Intensiva ocupadas.

Os dados mostram que 4.800 pessoas estão internadas em UTI, enquanto 6.457 infectados precisam de cuidados em enfermarias.

Na semana passada, o governo de São Paulo informou que a capital do estado começou a entrar numa fase de declínio da pandemia de covid-19 nas mortes e internações. Esta inflexão é "evidente" nas palavras do secretário-executivo do Centro de Contingência ao Coronavírus, João Gabbardo.

Na última atualização do plano de reabertura das atividades econômicas, que aconteceu na sexta-feira passada, foi a primeira vez que nenhuma região do estado regrediu de fase.

Coronavírus