PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Sistemas prisional e socioeducativo registram 27 mil casos de covid no país

Prisão - Luiz Silveira/Agência Nacional de Justiça
Prisão Imagem: Luiz Silveira/Agência Nacional de Justiça

Do UOL, em São Paulo

20/08/2020 11h09

O Brasil chegou a 27 mil casos de covid-19 nos sistemas prisional e socioeducativo. Nos presídios brasileiros, o número de infectados registrou um aumento de 61,7% nos últimos 30 dias, chegando a 24.200 casos e 165 mortes.

Os dados foram divulgados pelo Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). No sistema socioeducativo, o número de casos chegou a 3.049 nesta semana.

O levantamento é feito a cada sete dias. Nesse período, foram registrados 1.488 novos casos de coronavírus entre pessoas privadas de liberdade e 235 entre servidores. No socioeducativo, em sete dias foram 121 novos casos entre servidores e 76 entre reeducandos.

Testes realizados

Ainda no levantamento, dados dos Grupos de Monitoramento e Fiscalização informaram que foram feitos 28.804 exames para a covid-19 em pessoas presas — 3,9% da população carcerária no país.

Já entre os servidores foram aplicados 26.766 exames, ou seja, em 21% dos trabalhadores nesses estabelecimentos. Há ainda outros 16.599 testes realizados em unidades prisionais em estados que não distinguiram os segmentos. É o caso de Ceará e Distrito Federal.

Nas unidades socioeducativas, 4.391 adolescentes e 9.397 trabalhadores foram testados em 23 estados. O Mato Grosso do Sul realizou 180 exames, mas não distinguiu as categorias.

Coronavírus