PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Brasil tem 1.090 novas mortes em 24 h e ultrapassa 133 mil óbitos por covid

Agente de saúde segura teste com resultado positivo para o novo coronavírus durante testagem na favela da Mangueira, no Rio de Janeiro - Bruna Prado/Getty Images
Agente de saúde segura teste com resultado positivo para o novo coronavírus durante testagem na favela da Mangueira, no Rio de Janeiro Imagem: Bruna Prado/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/09/2020 19h30Atualizada em 15/09/2020 20h44

O Brasil ultrapassou 133 mil mortes por covid-19 com 1.090 óbitos registrados nas últimas 24 horas, segundo dados do consórcio de imprensa do qual o UOL faz parte.

Ao todo, o país tem 133.207 óbitos em decorrência da doença, com média de 813 mortes nos últimos sete dias. O Brasil apresenta estabilidade de mortes em 14 dias. Ontem, o país quebrou uma sequência de sete dias apresentando desaceleração nas mortes.

O levantamento aponta um total de 4.384.299 diagnósticos do novo coronavírus desde o início da pandemia; 34.755 deles foram confirmados entre ontem e hoje.

O único estado que não enviou informações de sua secretaria de saúde foi o Amapá. Assim, os números totais publicados nesta noite excluem a quantidade de novos casos e óbitos do AP.

Conforme o levantamento feito pelo consórcio, 11 estados tiveram desaceleração na média móvel de mortes pela doença na variação de 14 dias, enquanto três apresentaram alta.

Apenas o Norte teve queda (-33%) na média móvel de mortes, com a ressalva da ausência de dados do Amapá hoje. As demais regiões mantiveram estabilidade: Centro-Oeste (1%), Nordeste (-13%), Sudeste (-6%) e Sul (2%).

Veja a oscilação nos estados:

  • Aceleração: CE, RO e RS
  • Estabilidade: AC, DF, GO, MA, MS, PA, PE, PR, RJ, RR, SE e SP
  • Queda: AL, AM, BA, ES, MG, MT, PB, PI, RN, RJ, SC e TO.

Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde publicou mais cedo que 1.113 novas mortes foram confirmadas nas últimas 24h, totalizando 133.119 óbitos pela covid-19 no país.

Ainda segundo a pasta, o Brasil registrou 36.653 novos diagnósticos entre ontem e hoje. Ao todo, o país já contabilizou 4.382.263 casos confirmados do novo coronavírus.

O governo federal considera 3.671.128 casos recuperados e afirmou que há 578.016 pacientes em acompanhamento.

Covid vira principal causa de morte em um ano no país

Após o Brasil ultrapassar 132 mil óbitos causados pela covid-19, a doença tornou-se a causa-morte com mais vítimas em um único ano já registrado no país. A primeira morte brasileira pela doença ocorreu em 12 de março, segundo revisão do governo federal. O UOL analisou os dados do SIM (Sistema de Informação sobre Mortalidade), do Ministério da Saúde, que contabiliza essas informações desde 1979.

O levantamento usa como base a CID (Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde) e restringe a causas específicas, não a grupos de doenças.

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes recentes de autoridades e do próprio presidente colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Coronavírus