PUBLICIDADE
Topo

Saúde

SP: MP abre inquérito para apurar compra de aventais feita por gestão Doria

O IAMSPE é um sistema de saúde que atende funcionários públicos do Estado de São Paulo, chefiado por João Doria (foto) - ANTONIO MOLINA/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
O IAMSPE é um sistema de saúde que atende funcionários públicos do Estado de São Paulo, chefiado por João Doria (foto) Imagem: ANTONIO MOLINA/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

23/10/2020 11h07

O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) instaurou um inquérito civil para apurar suposta irregularidade na dispensa de licitação pelo IAMSPE (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo) na compra de aventais cirúrgicos usados por profissionais da saúde no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

O IAMSPE é um sistema de saúde que atende funcionários públicos do Estado de São Paulo, chefiado por João Doria (PSDB), e seus dependentes.

Segundo portaria do dia 16 de outubro assinada pelo promotor Paulo Destro, deputados estaduais do Grupo Parlamentares em Defesa do Orçamento informaram sobre contrato de R$ 540 mil para a compra de dois mil aventais, com custo unitário de R$ 270.

"Resolve (...) instaurar portaria inicial de Inquérito Civil, diante da necessidade imprescindível de diligências para melhor apuração dos fatos narrados, em todas as suas circunstâncias", diz o promotor num trecho do documento.

Outro lado

Em nota, o HSPE (Hospital do Servidor Público Estadual) informou que forneceu, em 3 de setembro, informações sobre a compra de aventais com a empresa Total Clean à Controladoria da Secretaria da Fazenda de São Paulo.

"Importante esclarecer que se trata de um avental de isolamento reutilizável, que permite reutilização por até 130 lavagens, diferente dos aventais tradicionais que são descartados no lixo. O material foi disponibilizado para garantir mais proteção aos profissionais de saúde que atuaram na linha de frente do combate ao Covid-19. O custo do avental descartável tradicional à época era de R$ 12,80 enquanto o reutilizável R$ 270,00. Considerando a durabilidade e quantidade de lavagens possíveis, o seu valor unitário seria em torno de R$ 2,07, o que resultou em uma economia de 83%", acrescentou o comunicado.

Saúde