PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

SC tem 5 mil casos de covid em 1 dia, maior número desde início de pandemia

28.mai.2020 - Movimento nas ruas e no comércio do centro de Florianópolis, em Santa Catarina - EDUARDO VALENTE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
28.mai.2020 - Movimento nas ruas e no comércio do centro de Florianópolis, em Santa Catarina Imagem: EDUARDO VALENTE/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Hygino Vasconcellos

Colaboração para o UOL, em Porto Alegre

18/11/2020 17h21

Santa Catarina registrou ontem o maior número de casos confirmados de covid-19 em um único dia desde o início da pandemia, há oito meses. Conforme boletim da Secretaria Estadual de Saúde, foram 5.178 pessoas que atestaram positivo para doença.

Com isso, o estado ultrapassou 300 mil casos confirmados por coronavírus. A marca foi atingida no mesmo dia em que a governadora interina Daniela Reinehr (sem partido) testou positivo para a doença, o que a forçou a cancelar compromissos oficiais.

Na maioria dos eventos públicos, Daniela aparecia com máscaras. Mas há duas semanas foi vista sem a proteção ao participar de uma formatura da Polícia Rodoviária Federal, que contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de quem é apoiadora.

Conforme a secretaria, as regiões de Xanxerê, Alto Uruguai Catarinense e Laguna estão em risco gravíssimo. Já outras 13 encontram-se em nível grave de risco. Joinville (26.750) e Florianópolis (26.432) são as cidades com mais casos registrados no estado.

Anteriormente, já houve o represamento de dados o que fez com que se registrasse 30 mil casos em um único dia. Entretanto, agora, a situação é diferente e os dados refletem, de fato, o cenário da evolução diária da covid-19.

Número de óbitos diário chega a 30; pico foi de 96 mortes

Além dos casos confirmados, foram registrados ontem 40 óbitos pela doença no estado. Porém, o número de falecimentos já foi maior. Segundo a secretaria, em 10 de agosto, 96 pessoas morreram pela doença em um único dia. Com o número de ontem, Santa Catarina já tem 3.370 óbitos por coronavírus.

Ainda segundo o boletim, o índice estadual de distanciamento social é de 37,6%, que é considerado baixo.

De acordo com o levantamento, a maior parte dos infectados está na faixa dos 30 a 39 anos: 76.757 casos. Por outro lado, os óbitos têm prevalência entre a população acima de 60 anos.

Coronavírus